Site Notícias Demonstrativo - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Green destinations: Tibau do sul recebe certificação internacional inédita no Brasil e única na América do sul

TIBAU DO SUL RECEBE CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O município de Tibau do Sul e sua famosa Praia da Pipa, é o primeiro destino turístico brasileiro a receber a certificação Padrão de Destinos Verdes que é concedida pela Green Destinations, uma fundação holandesa sem fins lucrativos para o turismo sustentável, que lidera uma parceria global de organizações especializadas, empresas e instituições acadêmicas.

O Green Destinations era uma conquista muito esperada pela atual gestão pública de Tibau do Sul. E a atual certificação se soma a outras conquistas recentes do destino turístico Pipa, como exemplo de uma gestão que se preocupa com o desenvolvimento e a promoção do turismo. Além do novo certificado, Tibau do Sul ganhou em 2018, o Selo A do turismo, uma classificação do Ministério do Turismo; em outubro deste ano participou e ganhou o premio no Concurso  do Top 100 Destinos Sustentáveis, sendo selecionada, também, para se apresentar no Seminário Internacional do Green Destinations Day, com o case de boas práticas do Santuário Ecológico de Pipa e , recebeu, ainda,  o selo Safe Travel da World Travel Tourism Council, sendo reconhecida como Turismo Seguro pelos seus protocolos sanitários adotados no combate ao Covid-19.

Essas conquistas são frutos de uma parceria da Prefeitura de Tibau do Sul, associações locais, Senac RN com o Programa de Desenvolvimento Econômico Local (DEL) que a gestão trouxe para Tibau do Sul, desde 2018. O DEL é um projeto que nasceu na Alemanha e que já atua em vários municípios do Brasil. “A verdade é que todo mundo sabe que trabalhamos muito pelo turismo. Investimos forte, participamos de feiras nacionais e internacionais, reativamos o Conselho do Turismo e fizemos várias obras e projetos importantes. E o resultado está aí, com essas conquistas. Mas não é um trabalho solitário. É um trabalho feito a muitas mãos. A começar pelo nosso povo que hoje sabe da importância do turismo”, destaca Modesto Macedo, prefeito de Tibau do Sul.

A certificação inédita concedida, exclusivamente, a Tibau do Sul e única na América do Sul,  integra o Padrão de Destinos Verdes, um  conjunto de critérios reconhecido pelo GSTC (Global Sustainable Tourism Council)  para medir, monitorar e melhorar a política de sustentabilidade e gestão de destinos e regiões.

“É uma enorme satisfação e também grande surpresa para nós receber esta certificação internacional ainda mais na modalidade PRATA. Vemos isto como um reconhecimento as boas práticas que viemos trabalhando e que tem nos tornado um destino maduro liderando o processo de sustentabilidade no setor turístico nacional”, destaca Beth Bauchwitz, secretária de turismo de Tibau do Sul e agente local do Projeto DEL

Para alcançar o mérito,  representantes de Tibau do Sul tiveram que participar de treinamento com a Green Destinations e atender a 100 critérios, sendo submetidos à auditoria.

Com validade de até dois anos, o objetivo da certificação é tornar o desenvolvimento sustentável algo concreto, objetivo e demonstrável, abrangendo os temas Gestão de Destino, Natureza e Paisagem, Meio Ambiente e Clima, Cultura e Tradição, Bem-Estar Social, Negócios e Hospitalidade. “Receber a certificação PRATA aumenta a nossa responsabilidade e certamente nosso Plano Municipal de Turismo deverá se basear no modelo do Green Destinations”, ressalta Beth.

Segundo a secretária a certificação só foi possível graças ao trabalho coletivo e a parceria entre os setores público e privado. “Pipa está só começando. Este é o pontapé inicial do que queremos para o destino e certamente poderemos ajudar outros municípios com o nosso modelo que tem a filosofia do DEL, que é planejar e executar em conjunto com os stakeholders,  sociedade civil e comunidade”, reforça Beth.

A secretária também destaca o apoio e a parceria dos demais participantes do DEL Turismo. “Todos os outros oito destinos do DEL Turismo torciam e ,agora ,comemoram junto com Pipa. O intercâmbio de informações entre os municípios  foi muito importante para este processo, pois a sustentabilidade não é só meio ambiente. Além disso, o apoio das entidades envolvidas como, o Senac Rio Grande do Norte,   Facisc, e a Bildungswerk der Bayerischen Wirtschaft (bbw) da Alemanha, foi essencial para alcançarmos a certificação”, complementa a agente local do DEL.

 

Fonte

https://preservepipa.com.br/
  • COMPARTILHE

Green destinations: Tibau do sul recebe certificação internacional inédita no Brasil e única na América do sul

06/11/2020 13:16


O município de Tibau do Sul e sua famosa Praia da Pipa, é o primeiro destino turístico brasileiro a receber a certificação Padrão de Destinos Verdes que é concedida pela Green Destinations, uma fundação holandesa sem fins lucrativos para o turismo sustentável, que lidera uma parceria global de organizações especializadas, empresas e instituições acadêmicas.

O Green Destinations era uma conquista muito esperada pela atual gestão pública de Tibau do Sul. E a atual certificação se soma a outras conquistas recentes do destino turístico Pipa, como exemplo de uma gestão que se preocupa com o desenvolvimento e a promoção do turismo. Além do novo certificado, Tibau do Sul ganhou em 2018, o Selo A do turismo, uma classificação do Ministério do Turismo; em outubro deste ano participou e ganhou o premio no Concurso  do Top 100 Destinos Sustentáveis, sendo selecionada, também, para se apresentar no Seminário Internacional do Green Destinations Day, com o case de boas práticas do Santuário Ecológico de Pipa e , recebeu, ainda,  o selo Safe Travel da World Travel Tourism Council, sendo reconhecida como Turismo Seguro pelos seus protocolos sanitários adotados no combate ao Covid-19.

Essas conquistas são frutos de uma parceria da Prefeitura de Tibau do Sul, associações locais, Senac RN com o Programa de Desenvolvimento Econômico Local (DEL) que a gestão trouxe para Tibau do Sul, desde 2018. O DEL é um projeto que nasceu na Alemanha e que já atua em vários municípios do Brasil. “A verdade é que todo mundo sabe que trabalhamos muito pelo turismo. Investimos forte, participamos de feiras nacionais e internacionais, reativamos o Conselho do Turismo e fizemos várias obras e projetos importantes. E o resultado está aí, com essas conquistas. Mas não é um trabalho solitário. É um trabalho feito a muitas mãos. A começar pelo nosso povo que hoje sabe da importância do turismo”, destaca Modesto Macedo, prefeito de Tibau do Sul.

A certificação inédita concedida, exclusivamente, a Tibau do Sul e única na América do Sul,  integra o Padrão de Destinos Verdes, um  conjunto de critérios reconhecido pelo GSTC (Global Sustainable Tourism Council)  para medir, monitorar e melhorar a política de sustentabilidade e gestão de destinos e regiões.

“É uma enorme satisfação e também grande surpresa para nós receber esta certificação internacional ainda mais na modalidade PRATA. Vemos isto como um reconhecimento as boas práticas que viemos trabalhando e que tem nos tornado um destino maduro liderando o processo de sustentabilidade no setor turístico nacional”, destaca Beth Bauchwitz, secretária de turismo de Tibau do Sul e agente local do Projeto DEL

Para alcançar o mérito,  representantes de Tibau do Sul tiveram que participar de treinamento com a Green Destinations e atender a 100 critérios, sendo submetidos à auditoria.

Com validade de até dois anos, o objetivo da certificação é tornar o desenvolvimento sustentável algo concreto, objetivo e demonstrável, abrangendo os temas Gestão de Destino, Natureza e Paisagem, Meio Ambiente e Clima, Cultura e Tradição, Bem-Estar Social, Negócios e Hospitalidade. “Receber a certificação PRATA aumenta a nossa responsabilidade e certamente nosso Plano Municipal de Turismo deverá se basear no modelo do Green Destinations”, ressalta Beth.

Segundo a secretária a certificação só foi possível graças ao trabalho coletivo e a parceria entre os setores público e privado. “Pipa está só começando. Este é o pontapé inicial do que queremos para o destino e certamente poderemos ajudar outros municípios com o nosso modelo que tem a filosofia do DEL, que é planejar e executar em conjunto com os stakeholders,  sociedade civil e comunidade”, reforça Beth.

A secretária também destaca o apoio e a parceria dos demais participantes do DEL Turismo. “Todos os outros oito destinos do DEL Turismo torciam e ,agora ,comemoram junto com Pipa. O intercâmbio de informações entre os municípios  foi muito importante para este processo, pois a sustentabilidade não é só meio ambiente. Além disso, o apoio das entidades envolvidas como, o Senac Rio Grande do Norte,   Facisc, e a Bildungswerk der Bayerischen Wirtschaft (bbw) da Alemanha, foi essencial para alcançarmos a certificação”, complementa a agente local do DEL.

 

Fonte: https://preservepipa.com.br/

Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )